top of page
Instituto Jotta Ribeiro 2021.jpg

Músicas

As músicas abaixo são com foco infantil para que possa aplicar em suas atividades, são letras musicais próprias com todos os direitos reservados. Ao utilizar o conteúdo não esqueça de colocar os créditos de utilização (Jotta Ribeiro Grupo Arte na Lata)
 

As músicas abaixo são com foco infantil para que possa aplicar em suas atividades,

são letras musicais próprias com todos os direitos reservados.

Ao utilizar o conteúdo não esqueça de colocar os créditos de utilização

(Jotta Ribeiro Grupo Arte na Lata)


 

EU SOU CRIANÇA

 (Abuso e exploração sexual infantil)

 

Eu sou criança e gosto de brincar,

Agora eu vou falar onde pode me tocar,

Eu sou criança e gosto de brincar,

Agora eu vou falar onde pode me tocar.

Na cabeça? Sim

No ombro? Sim

No pé? Sim

Aqui (Boca)? Não!

Não, não, não, não, não!

Não pode tocar!

Se você tocar pra mamãe eu vou falar.

 

Eu sou criança e gosto de brincar,

Agora eu vou falar onde pode me tocar,

Eu sou criança e gosto de brincar,

Agora eu vou falar onde pode me tocar.

Na cabeça? Sim

No ombro? Sim

No pé? Sim

Aqui (Órgão genital)? Não!

Não, não, não, não, não!

Não pode tocar!

Se você tocar pra mamãe eu vou falar.

 

Eu sou criança e gosto de brincar,

Agora eu vou falar onde pode me tocar,

Eu sou criança e gosto de brincar,

Agora eu vou falar onde pode me tocar.

Na cabeça? Sim

No ombro? Sim

No pé? Sim

Em meninas aqui não!

Não, não, não, não, não!

Não pode tocar!

Se você tocar pra mamãe eu vou falar.

Eu sou criança e gosto de brincar,

Agora eu vou falar onde pode me tocar,

Eu sou criança e gosto de brincar,

Agora eu vou falar onde pode me tocar.

Eu sou criança e gosto de brincar...

Eu sou criança e gosto de brincar...

 

 ÁUDIO

VÍDEO

 

 

SONHO DE ROSINHA
 

Rosinha sonhou, que estava num avião,

Rosinha sonhou, que estava num avião.

 

Ela viu uma águia e um gavião,

Ela viu uma águia e um gavião.

 

Rosinha sonhou, que estava num avião,

Rosinha sonhou, que estava num avião.

  

Ela viu peixinho e um tubarão,

Ela viu peixinho e um tubarão!

 

 Rosinha sonhou, que estava num avião,

Rosinha sonhou, que estava num avião,

Rosinha sonhou, que estava num avião,

Rosinha sonhou, que estava num avião.

ÁUDIO: 

VÍDEO
 

 

VAMOS RECICLAR

 

Vamos reciclar, de brincadeira,

Com a educação, bem verdadeira,

Só bate a baqueta, se for reciclar,

Porquê das cores, eu vou falar;

Amarelo, Verde, vermelho e azul.

 

Vamos reciclar, de brincadeira,

Com a educação, bem verdadeira,

Só bate a baqueta, se for reciclar,

Porquê das cores, eu vou falar;

Amarelo, Verde, vermelho e azul.

 

Vamos reciclar, de brincadeira,

Com a educação, bem verdadeira,

Só bate a baqueta, se for reciclar,

Porquê das cores, eu vou falar;

Amarelo, Verde, vermelho e azul.
 

ÁUDIO

VÍDEO


AS CORES

 

Tudo é colorido e fica mais bonito, igual a tinta no papel,

Eu gosto de escrever, eu gosto de pintar e das cores eu

vou falar;

 

O verde é a natureza, preto é a escuridão;

O Amarelo é o sol e a terra é marrom,

Cor de rosa é para mulher, essa cor não é para homem não!

O azul é a cor do homem porque ele é machão...

 

Tudo é colorido e fica mais bonito, igual a tinta no papel,

Eu gosto de escrever, eu gosto de pintar e das cores eu

vou falar;

 

O amarelo e o azul com o branco, verde anil,

ajuntando essas cores é a bandeira do Brasil,

A cor vermelha é a maçã a roxa é a uva,

quando faz sol com chuva o casamento é de viúva.

 

Tudo é colorido e fica mais bonito, igual a tinta no papel,

Eu gosto de escrever, eu gosto de pintar e das cores eu

vou falar;

ÁUDIO

CIRANDA AMBIENTAL

 

Reciclar para ter um mundo melhor,

Vermelho, azul, verde e amarelo, faça chuva ou faça sol.

Reciclar para ter um mundo melhor,

Vermelho, azul, verde e amarelo, faça chuva ou faça sol.

 

O azul é a cor do céu, coisa linda, coisa rara onde se joga o papel;

Tudo é lindo, eterno e Fantástico,

O lixo do vermelho se eu pegar eu jogo o plástico;

Reciclar é a coisa mais bela o verde é a cor do vidro,

vamos lá para a amarela;

 

Reciclar para ter um mundo melhor,

Vermelho, azul, verde e amarelo, faça chuva ou faça sol.

Reciclar para ter um mundo melhor,

Vermelho, azul, verde e amarelo, faça chuva ou faça sol.

 

A ciranda é um ritmo legal, amarelo é a cor do sol,

onde se joga o metal,

Esta festa não pode parar! As sucatas estão tocando,

vamos “Simbora” reciclar.

 

Reciclar para ter um mundo melhor,

Vermelho, azul, verde e amarelo, faça chuva ou faça sol.

Reciclar para ter um mundo melhor,

Vermelho, azul, verde e amarelo, faça chuva ou faça sol.

ÁUDIO

 


MAIS EDUCAÇÃO

 

Bate cá, bate lá, bate cá, bate lá!

Com o meu pé eu faço tum, com as minhas mãos eu faço tá,

Bate cá, bate lá, bate cá, bate lá!

Com o meu pé eu faço tum, com as minhas mãos eu faço tá.

 

Hoje estou feliz, vim para a escola estudar,

Rever os meus amigos e também poder brincar!

 

Bate cá, bate lá, bate cá, bate lá!

Com o meu pé eu faço tum, com as minhas mãos eu faço tá,

Bate cá, bate lá, bate cá, bate lá!

Com o meu pé eu faço tum, com as minhas mãos eu faço tá.

 

Brincar de reciclar, sem jogar lixo no chão,

Brincar de aprender e ter mais educação.

 

Bate cá, bate lá, bate cá, bate lá!

Com o meu pé eu faço tum, com as minhas mãos eu faço tá,

Bate cá, bate lá, bate cá, bate lá!

Com o meu pé eu faço tum, com as minhas mãos eu faço tá.
 

ÁUDIO



CASINHA DA VOVÓ

A letra musical foi alterada devido os direitos autorais da Disney (EUA)

 

Hoje eu vou, hoje eu vou! Pra casinha da vovó,

Hoje eu vou, hoje eu vou! Pra casinha da vovó.

 

E tinha um cachorrinho que na rua dava dó,

E tinha um cachorrinho que na rua dava dó.

 

Hoje eu vou, hoje eu vou! Pra casinha da vovó,

Hoje eu vou, hoje eu vou! Pra casinha da vovó.

 

Vou levar o meu cachorro e o nome dele é Totó,

Vou levar o meu cachorro e o nome dele é Totó.

 

Hoje eu vou, hoje eu vou! Pra casinha da vovó,

Hoje eu vou, hoje eu vou! Pra casinha da vovó.

 

Eu vi um Saci que pulava de um pé só,

Eu vi um Saci que pulava de um pé só.

 

Hoje eu vou, hoje eu vou! Pra casinha da vovó,

Hoje eu vou, hoje eu vou! Pra casinha da vovó.

 

Eu vi a Onça de batom e o Macaco com o cipó,

Eu vi a Onça de batom e o Macaco com o cipó,

 

Hoje eu vou, hoje eu vou! Pra casinha da vovó,

Hoje eu vou, hoje eu vou! Pra casinha da vovó.
 

ÁUDIO

VÍDEO


CANTA BRASIL

 

Canta Brasil e levanta a cabeça a vida está uma maravilha o bairro está uma

beleza; olha só quantas crianças que encontro na rua aprendendo uma

linguagem uma língua minha e tua.

 

Eu canto rap, somente para esquecer os problemas que me rodeiam que me

faz entristecer, meu sonho é escrever um livrinho para você, folhas de

informações, uma maneira de viver.

 

Na espera de viver, julgo o fato de sonhar,

quando vejo o amanhecer me dá vontade de cantar,

Na espera de viver, julgo o fato de sonhar,

quando vejo o amanhecer me dá vontade de cantar.

 

Viver com dignidade na espera da saudade,
Dar de cara com a verdade para a sua solução,
Sem ficar de sentinela lá no bico da favela,
Isso é só o que me resta nessa eu não vou entrar não.

 

Eu corro contra o tempo bato de frente com o vento,
Este é meu movimento e não tenho opção,
Pois sou brasileiro, trabalho o dia inteiro,
Para ganhar o meu dinheiro e disso eu não abro mão.

 

Na espera de viver, julgo o fato de sonhar,

quando vejo o amanhecer me dá vontade de cantar,

Na espera de viver, julgo o fato de sonhar,

quando vejo o amanhecer me dá vontade de cantar.

 

Como posso viver neste mar de informação,
Bombril na antena para assistir televisão,
Artista de favela demonstra dignidade,
Chacina não tem trela e vira celebridade;
Projeto social é cego e ninguém ver,
Na favela eu aprendi e vim mostrar para você;
O rap ocupa a mente e não penso em maldade,
Percebi o meu talento com cinco anos de idade.

 

Na espera de viver, julgo o fato de sonhar,

quando vejo o amanhecer me dá vontade de cantar,

Na espera de viver, julgo o fato de sonhar,

quando vejo o amanhecer me dá vontade de cantar.

ÁUDIO


EU SOU ARTE NA LATA

 

Arte na Lata cresceu, sobreviveu para mostrar,
A cultura periférica o nosso canto popular,
Ns latas e nas sucatas sinônimo de diversão,
Para você é ferro velho para nós é solução.

 

Falar na reciclagem para você é bobagem,
Este é o meu jeito de ser assim transmito a mensagem,
Represento a comunidade e mostro para a sociedade,
Que a minha felicidade é bater de frente com a verdade.

 Criança no farol brinca com limão e vende bala,
E no final do dia sua mãe espera na sala.

Quanto que você trouxe? Quanto você vendeu?

A escola esvaziando e a estrutura desceu,
Caiu a casa a casa caiu,

Projeto social desenvolvido no Brasil,
Estado de São Paulo, Cidade de Osasco,
Caminhando pelas ruas vou seguindo os mesmos passos.

 

Quero sim quero ver o que você pode falar,
Eu sou Arte na Lata e vim para ficar,

Quero sim quero ver o que você pode falar,
Eu sou Arte na Lata e vim para ficar.

 

Tempo! É só olhar para trás,
Sonhe e pense num futuro sei que você é capaz,

D2 no seguimento evoluindo com o seu filho,
A Unesco em Osasco veio registrar o nosso caminho.

 

A nossa trajetória com o Arte na Lata,
É uma história muito louca que está documentada,
Registrada em pensamentos em muitos corações,
Agora não só em São Paulo como em todas as nações,
É tambor é latinha é chapa de raio-x,
É no embalo da sucata que me deixa feliz,
Reconhecido pelos trutas da minha quebrada,
Eu vivo a cada dia porque daqui não levo nada,

Só deixarei saudades de um bom procedimento,
Se liga sangue bom nesse nosso movimento,
A cultura Hip Hop contagiante pá e pum,
Anos 80 com Pepeu, Thaíde e DJ Hum.

 

Quero sim quero ver o que você pode falar,
Eu sou Arte na Lata e vim para ficar,

Quero sim quero ver o que você pode falar,
Eu sou Arte na Lata e vim para ficar.

 

Temos que dar valor na cultura do Brasil,
O início desta história está gravada em vinil,
Hoje CD e DVD? Hã! Vejam vocês...
São relatos de um passado que não podemos esquecer,
Vê se presta atenção em tudo em sua vida,
Pense longe, pense forte, faça a sua correria,
Ande pelo certo dentro da sua quebrada,
Nunca ande pela rua ande sempre na calçada.

Arte na Lata é minha vida, cultura, religião,
U movimento itinerante para toda a nação,
Faça como eu e bata lata para valer,
Ajude a natureza que ela gosta de você.

 

 3,2,1,0, contagem regressiva!
De uma nova empreitada que aconteceu em nossa vida,
Não sou mais um no mundo daqueles que não pensam,
Eu sou Arte na Lata e vim fazer a diferença.

 

Quero sim quero ver o que você pode falar,
Eu sou Arte na Lata e vim para ficar,

Quero sim quero ver o que você pode falar,
Eu sou Arte na Lata e vim para ficar.

 

ÁUDIO

 

VÍDEO

SOLUÇÃO SOCIAL

 

Sou garoto, sou moleque, sou o que você quiser,
Sou também Arte na Lata e por isso tenho fé;
A vida me ensinou a cada dia eu viver,
E no embalo da sucata eu bato lata para valer.

 

O lixo antigamente era um problema ambiental,
rte na Lata encontrou a solução social,

O lixo antigamente era um problema ambiental,
Arte na Lata encontrou a solução social.

 

Quantos lixos pelas ruas que estragam a cidade,
O lixo é a solução para a nossa felicidade,
Este é o nosso lema e não existe sacanagem,
Arte na Lata está aqui para te passar essa mensagem.

 

O lixo antigamente era um problema ambiental,
rte na Lata encontrou a solução social,

O lixo antigamente era um problema ambiental,
Arte na Lata encontrou a solução social.

 

É cobre é latinha é caixa de papelão,
Quando vejo pelo chão eu não tenho opção,
Levo para o ferro velho para eu poder vender,
A metade da sucata eu bato lata para valer.

 

O lixo antigamente era um problema ambiental,
rte na Lata encontrou a solução social,

O lixo antigamente era um problema ambiental,
Arte na Lata encontrou a solução social.

 

Afinal somos espelho de uma nova geração,
Siga o nosso conselho e seja amigo da nação,
A camada de ozônio só tem a lhe agradecer,
Não jogue o lixo fora vende ou toque pra valer.

 

O lixo antigamente era um problema ambiental,
rte na Lata encontrou a solução social,

O lixo antigamente era um problema ambiental,
Arte na Lata encontrou a solução social.

 

Vamos cuidar do mundo de um jeito especial,
Vmos raciocinar nesta ideia genial,
quecimento global, cada dia está crescendo,
amos diminuir se liga no movimento.

 

O lixo antigamente era um problema ambiental,
rte na Lata encontrou a solução social,

O lixo antigamente era um problema ambiental,
Arte na Lata encontrou a solução social.
 

Evite as queimadas, salve, salve a natureza,
Ipê, Pau Brasil, olha só quanta beleza.

Elefante, girafa, macaco e gavião,
Têm muitos animais entrando em extinção.

 

O lixo antigamente era um problema ambiental,
rte na Lata encontrou a solução social,

O lixo antigamente era um problema ambiental,
Arte na Lata encontrou a solução social.

 

Quanto lixo pelas ruas que estragam o meio ambiente,
Então presta atenção e seja mais consciente.
Lixo é no lixo vamos reciclar?
Só se for agora demorou vamos lá?

 

O lixo antigamente era um problema ambiental,
rte na Lata encontrou a solução social,

O lixo antigamente era um problema ambiental,
Arte na Lata encontrou a solução social.

 

ÁUDIO

VÍDEO


BATENDO LATA

 

Quero mostrar o que se faz com a sucatas,

Nossa cultura é fazer Arte na Lata,

Por isso eu toco e bato lata para valer!

 

Eu estudei na escola da vida,

Não quero ter uma infância esquecida,

Por isso eu toco e bato lata para valer!

 

Cante comigo pois é tudo que eu preciso,

Vem meu amigo festejar com o meu sorriso,

Por isso eu toco e bato lata para valer!

 

A alegria é cantar para você,

Arte na Lata sou enquanto eu viver,

Por isso eu toco e bato lata para valer!

 

Arte na Lata é a minha alegria,

Arte na Lata é um som que contagia,

Arte na Lata sou enquanto eu viver...

Arte na Lata é a minha alegria,

Arte na Lata é um som que contagia,

Arte na Lata sou enquanto eu viver!

 

ANDANDO DE CAVALINHO

 

Andando de cavalinho, vamos passear,

Andando de cavalinho, vamos passear!

 

Nossa! Um sapinho, será que ele vai pular?

“Uerbet”, “Uerbet”, “Uerbet”, “Uerbet”

 

Andando de cavalinho, vamos passear,

Andando de cavalinho, vamos passear!

 

Nossa! Um gatinho, será que ele vai miar?

Miau, Miau, Miau, Miau!

 

Andando de cavalinho, vamos passear,

Andando de cavalinho, vamos passear!

 

Nossa! Um pintinho, será que ele vai piar?

Piu, Piu, Piu, Piu!

 

Andando de cavalinho, vamos passear,

Andando de cavalinho, vamos passear!

 

Nossa! A casa da Rosinha, será que ela está lá?

Bom dia Rosinha como vai? Bom dia Rosinha como vai?

Bom dia Rosinha, bom dia Rosinha, bom dia Rosinha como vai?

 

bottom of page